JANDUÍS- Homem é preso em flagrante após confessar que ateou fogo em área de vegetação : ‘Deu vontade’

FOTO-FOCOELHO

Um homem de 62 anos foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira (8) depois de atear fogo em uma área de vegetação às margens da BR-226, no município de Janduís. Questionado pela Polícia Militar sobre o motivo de ter iniciado o fogo, ele disse que o fez porque “deu vontade”. Ele foi encaminhado a delegacia e em seguida ao sistema prisional.

Somente no feriadão, se sexta (4) a segunda (7), o Corpo de Bombeiros registrou 52 ocorrências de incêndio florestal no RN.

Segundo informações da PM do município de Janduís, por volta de 13h30 a Secretaria de Meio Ambiente informou sobre um incêndio intencional de grandes proporções às margens da rodovia. “A gente orientou que eles levassem logo um carro pipa pra lá e também uma retroescavadeira para fazer uma barricada e impedir o fogo de avançar”, contou o comandante do destacamento local, Sargento Valdir.

A PM esteve no local e testemunhas contaram que tinham visto a pessoa responsável pelo incêndio. Os agentes conseguiram localizar o suspeito ainda perto do local e ele confessou o crime. “A gente perguntou por que ele fez isso e ele respondeu: ‘deu vontade de tocar fogo’”, contou Sargento Valdir.

O fogo atingiu um trecho que fica no km 309, entre os municípios de Janduís e Campo Grande. A equipe do município demorou mais de 1 hora para conter as chamas. De acordo com a Polícia, o fogo foi considerado de grandes proporções e chegou perto de atingir o prédio da Cooperativa de Leite do município.

O suspeito foi encaminhado a Delegacia de Polícia Civil de Caraúbas e foi autuado em flagrante “por causar incêndio expondo a perigo de vida ou patrimônio”. Ele foi encaminhado ao Presídio de Caraúbas onde ficará à disposição da justiça.

Campanha

O Corpo de Bombeiros Militar do RN, através da Diretoria de Engenharia e Operações (DEO), lançou a Operação Abrace o Meio Ambiente (AMA) com o intuito de intensificar as ações contra incêndios florestais.

Pra isso, foi montada uma força-tarefa com vários órgãos públicos que também atuam na defesa do meio ambiente. O objetivo do trabalho em conjunto é prevenir e combater incêndios florestais, garantindo a preservação da fauna e da flora.

O Corpo de Bombeiros informou que foram feitos investimentos em equipamentos de proteção individual, viaturas operacionais e outras estruturas necessárias para reforçar o trabalho de prevenção e combate.

De acordo com o Comandante Do Serviço Operacional do CBMRN, Major Christiano Couceiro, o alto índice de ocorrências dessa categoria no interior do estado fez como que a Operação fosse antecipada.

“Sempre no segundo semestre do ano, em meados de setembro, o Corpo de Bombeiros se preocupa ainda mais com ações de proteção ambiental em virtude do aumento da temperatura e consequentemente o maior surgimento de incêndios em áreas de vegetação. No ano passado, a Operação AMA foi desencadeada no mês de outubro. Já neste ano, a Diretoria de Engenharia e Operações fez o trabalho de planejamento ainda mais cedo e a Operação foi antecipada no interior, em função dos grandes números de ocorrências”, disse.

Incêndio florestal é caracterizado pela propagação do fogo em áreas florestais e de savana (cerrados e caatingas), que normalmente ocorre com constância e intensidade no período de estiagem acompanhado da redução da umidade ambiental. Além disso, esse tipo de ocorrência pode ser tanto provocado pelo homem ou por causa natural.

Ainda segundo o Comandante, nos casos em que a população perceber que alguém está colocando fogo em alguma área deve ligar para a Polícia Militar no número 190 e realizar a denúncia, pois trata-se de crime ambiental. Já em caso de ocorrências de incêndio o telefone dos bombeiros é o 193.

Prevenção

Nunca usar fogo para limpeza de terreno ou de plantação;
Nunca jogue resto de cigarro ainda acesso em locais onde haja vegetação;
Próximo as estradas e terrenos, o ideal é providenciar uma aceiro para evitar a propagação de um possível incêndio nas proximidades;
Em caso de emergência, ligue 193.

G1-RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *