EXEMPLO- Jovem caicoense de 18 anos que teve toda sua mercadoria furtada na feira diz: se quiser me ajudar, ajude a ACAPAM

Andriely Keslen de Medeiros Pereira, tem18 anos e recentemente iniciou a venda de ear cuffs produzidos por ela mesma. Ear cuffs, pra quem não conhece, são aqueles ‘piercings fakes,’ que não precisa furar a orelha.

Posteriormente, dia 06 de agosto, a jovem empreendedora abriu uma loja virtual, a @ak_acessorio. Ela conta que começou com pouquinhas peças, mas com a ajuda da mãe (Ana Paula Confecções) e dos amigos, o seu insta foi ganhando seguidores.

Sou muito jovem, mas desde criança tenho muito contato com essa área do comércio e sempre tive vontade de ter minha independência. Quem me conhece sabe que eu sou muito determinada e honesta, procuro sempre conseguir minhas coisas por mérito próprio, e isso foi o que me impulsionou a ir pra feira vender, na tentativa de que mais pessoas iriam conhecer meu trabalho“, afirma.

No último sábado, 26, ao juntar suas peças, que organiza todas em caixinhas, Andriely organizou tudo dentro de um saco e foi guardar com meu namorado a mesa que que expõe a mercadoria na feira. Nesse intervalo, o saco com a mercadoria desapareceu.

Ontem, domingo, ela decidiu postar uns stories falando um pouco de como começou seu negócio e sobre o ocorrido, na tentativa de que se a pessoa que, eventualmente tenha vindo a pegar esse saco, se sentisse tocada a devolver. Mas, infelizmente não apareceu. Penso que a pessoa estava precisando mais do que eu”, fala.

Rapidamente Andriely recebeu uma onda de apoio muito grande. Pessoas de Caicó e de várias cidades da região compartilharam seu depoimento e se dispuseram a ajudá-la com rifas, no entanto, ela não aceitou e sugeriu que as ajudas fossem destinadas à ACAPAM, que é uma associação de proteção aos animais.

Confesso que não imaginei a repercussão que esse story e a publicação que fiz, seria gigantesca. Embora estivesse muito aflita no momento, me senti muito acolhida por cada mensagem que recebi. Muitas pessoas me parabenizaram pela minha iniciativa de empreender em tempos de pandemia, e muitos relataram que me acompanhavam e torciam por mim. Foi através de cada mensagem dessa que Deus falou comigo. Tenho certeza que mesmo que minhas coisas não apareçam e eu tenha “perdido tudo”, com certeza ganhei um novo coração e uma nova perspectiva de vida“.

Para ela, o momento agora é de se refazer, recomeçar e seguir em frente. No próximo sábado, Andriely estará com a sua banca na feira, com novas mercadorias e um coração cheio de sonhos.

www.glaucialima.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *