SÃO JOSÉ DO SERIDÓ- Vítima das drogas dar uma volta por cima e sua história serve de reflexão para quem ainda é escravo do vício

Rudinele José, carinhosamente chamado de Zé de Evandro , recebeu ontem em sua residência pela equipe de MK News e na oportunidade ele contou toda sua trajetória de sofrimento com as drogas e como conseguiu se libertar.

Zé que celebra 2 anos limpo, sem drogas, tem servido de incentivo para outras pessoas a sair do vício á exemplo do seu irmão Rubenig que também busca tratamento e já conta vitória por está sem drogas.

A reportagem da MK News falou da sua satisfação de está liberto e de ver seu irmão seguir o mesmo caminho.

Destacou o apoio da sua mãe Maria das Graças e da irmã Mary na sua empreitada rumo a uma vida nova.

Foram 10 anos de muito sofrimento e que na sua experiência com entorpecentes enfrentou a fome, a insônia, a solidão , dentre outras mazelas patrocinadas pelo vício.

Hoje Zé conta sua experiência de vida e a volta por cima e incentiva a outras jovens que ainda são vítimas desse mau a se libertarem e ressalta que o apoio a mão amiga são fundamentais para sair deste sofrimento.

Ele disse ao repórter MK que foi um tempo muito sofrido e que passava dias sem dormir e sem se alimentar em decorrência do vício ,pois, tudo que conseguia era para uso de entorpecentes e se prontificou a contar sua experiência a outras pessoas que ainda convivem com este mal.

Ele destacou ainda que a sociedade pode ajudar, entendendo que quem é usuário sofre e que não queria chegar a esta situação e que ao invés do preconceito estire a mão amiga e der uma chance a quem quer sair deste sofrimento.

As pessoas não entendem o que é conviver com esse mal, não tenham preconceito com estas pessoas , ajudem -os , ofereçam a mão amiga. ” Disse .

Após perder tudo José comemora a reconquista da família e de outros valores que perdeu quando estava na ativa do vício e ressalta que o álcool é a grande porta de entrada para todos os males causados pelo vício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *