SERIDÓ DA GENTE-60 anos depois, primeiro trabalhador de oiticica retorna à obra e lembra um passado difícil

Uma história riquíssima, mas que lembra a escravidão, contada pelo senhor Francisco Nascimento, nascido no dia 12/10/1937, mostra que não foi fácil chegarmos até aqui com uma obra tão importante para o Seridó.

Seu Chico Garcia, como é conhecido, disse ter sido um dos primeiros trabalhadores da grandiosa obra, há 60 anos, e o pior, deu sua contribuição sem ganhar um só “tostão”. À época, só seu pai era remunerado.

Além do “Seu Chico Garcia”, o pai e dois irmãos trabalharam na obra, assim como outros parentes e vizinhos seus do sítio Timbaúba, município de Jardim do Seridó. Ele lembra que só o patriarca recebia pelo trabalho.

“Íamos em um Mistão, caminhão da época que tinha uma cabine de madeira. Meu pai retornava para casa com o dinheiro de fazer a feira e alimentar os que ficavam, mas nós continuávamos na obra”.

1 – José Herculano do Nascimento (pai)
2 – Manoel Garcia do Nascimento (filho)
3 – Francisco Nascimento (filho)
4 – Expedito Garcia do Nascimento (filho)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *