20 DE NOVEMBRO- Vivemos num país racista? ou preconceituoso?

Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro. Foi criado em 2003 como efeméride incluída no calendário escolar — até ser oficialmente instituído em âmbito nacional mediante a lei nº 12 519, de 10 de novembro de 2011, sendo feriado em cerca de mil cidades em todo o país e nos estados de AlagoasAmazonasAmapáMato Grosso e Rio de Janeiro através de decretos estaduais.[1] Em estados que não aderiram à lei a responsabilidade é de cada câmara de vereadores, que decide se haverá o feriado no município.

O Episódio no Hiper Mercado em Porto Alegre fala por si só. São milhares de homens e mulheres negras que sofrem diariamente com o preconceito.

No Brasil podemos relembrar o caso Mariele Franco, a morte deste homem por seguranças de um hipermercado. Vitimíssimo? Não. Realidade.

Só não enxerga quem não quer que o negro é marginalizado e muitas vezes vítima do preconceito e de violência apenas pela cor da sua pele.

Falam muito que vivemos num país inclusivo e sem preconceito. Parem o mundo que eu quero descer ,pois, tudo isso só acontece na teoria, na prática é bem diferente.

São os negros, os gays , as lésbicas, os nordestinos, alvos constantes do preconceito do país que respira hipocrisia, infelizmente.

O que difere a cor da pele e o cabelo dos demais???

Será que o que importa não é a personalidade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *