POLICIA-Seridoense vai à Paraíba roubar Bode, atira em vigilante da UFPB e termina preso; comparsa fugiu

Na noite do último dia 22, policiais civis receberam informação através de telefones úteis da Delegacia de São João do Cariri-PB, de que uma dupla teria atirado em direção ao vigilante plantonista da UFPB, naquela cidade.

De imediato os policiais se deslocaram até o local, e lá chegando avistaram o vigilante, que narrou ter trocado tiros com uma dupla, que adentrou ao imóvel da UFPB e efetuou mais disparos em direção a ele.

Um dos indivíduos conseguiu escapar, todavia o outro, por ter sido atingido na perna, foi detido pelos policiais.

Logo após foi acionado o SAMU, que prestou o socorro necessário. O individuo preso, identificado como ELLOARD ARAÚJO GOMES (23 anos), alegou ser natural de Parelhas e residir na cidade de Equador, ambas no estado do Rio Grande do Norte.

Segundo ele (o detido), teria ido à cidade de Juazeirinho/PB “buscar um Bode para o Natal”. Confirmou que estava armado e que efetuou disparos, não em direção ao vigilante, mas para o alto. Foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma, onde passou por intervenção cirúrgica e encontra-se custodiado na ala de presos do referido hospital.

Destaque-se o fato do indivíduo já possuir antecedentes criminais, respondendo pelo crime de Receptação, Adulteração de sinais identificadores de veículo automotor, Associação Criminosa, e Desenvolver clandestinamente atividades de telecomunicações, todos no estado de Goiás.

ELLOARD foi autuado em flagrante delito pela prática de Latrocínio tentado, e após comunicado o flagrante ao plantão judiciário por conta do recesso do TJ/PB, deverá ficar à disposição da Justiça.

Ainda na madrugada daquele dia, uma motocicleta foi roubado na zona rural, provavelmente pelo comparsa do autuado. A unidade disponibiliza o telefone útil para que a população possa colaborar na elucidação desse e de outros crimes. Sendo assegurado o sigilo da fonte.

Delegacia de São João do Cariri (83) 3355-1136 Disk Denúncia 197.

POR JAIR SAMPAIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *