Equipe da InterTV Cabugi é socorrida pela PM após ficar presa em atoleiro de “região muito perigosa”

Uma equipe de reportagem da InterTV Cabugi ficou presa em um atoleiro de uma estrada carroçável na noite deste sábado (1) na região metropolitana de Natal e foram socorridos por policiais militares.

O local é considerado de alta periculosidade por ser conhecido por desova de cadáveres e ainda como rota de fuga de criminosos.

O repórter Acson Freitas fez o relato do caso no Facebook. Leia o relato:

“Ontem a noite durante a cobertura de uma reportagem, ficamos atolados por horas. Eu e meu cinegra Samuel tentamos de todas as formar retirar o carro da reportagem do atoleiro, mas não deu. Estávamos sem sinal e longe de qualquer coisa, no meio do nada em uma região muito perigosa.

Conseguimos contato com a CIPAM Cipam através do TenCel. Eduardo Franco que nos enviou a ajuda necessária. Graças aos policiais militares, depois de muito trabalho, conseguimos sair ainda com dificuldade do local. Quero agradecer a PMRN por representar tão bem o seu papel de servir e proteger a sociedade. Que Deus recompense cada um”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *