FILARMÔNICA JUSTINO DANTAS UMA HISTÓRIA QUE NÃO PODE SER ESQUECIDA

Filarmônica Justino Dantas de São José do Seridó em Cruzeta.12 de Outubro de 1978

A cidade de São José do Seridó desde sua fundação sempre foi um celeiro de excelentes artistas e muitos deles conseguiram issar voos altos, seja na música, na política, no comércio ou no setor empresarial.

FILARMÔNICA JIMMY BRITO EM SÃO JOSÉ DO SERIDÓ NO ANO 2021

Alguns partiram para a eternidade mas deixaram sua marca.

Durante muitos anos a Filarmônica Justino Dantas foi o orgulho de São José do Seridó.

Muitos deles á exemplo de Bembem Dantas seguiram na música, outros seguiram outros caminhos mas o certo é que estes grandes músicos ficaram carimbados no livro da vida e na história de São José do Seridó.

A primeira formação da Filarmônica trás os seguintes componentes:
Tuta, Milton de André, Jair Libanio, Cocó, Evandro(+),Noé Bernardo(+)(Compositor).

Em Baixo:Klenio,Sandro,Teodomiro (Cantor e compositor),Assis Cirilo Cantor/sanfoneiro e compositor,Bembem Dantas Maestro, Jaedson Dantas (empresário), Jacó Libanio(+) e Urbano Medeiros(maestro).

Muitos anos após houve uma nova formação da filarmonica vindo anos depois a se desfazer.

Nos anos 2009 uma nova Banda de Música foi fundada em São José do Seridó: A filarmônica Jimmy Brito, inicialmente regida pelo Maestro Bembem Dantas e posteriormente pelo Maestro Fernando Luiz. Atualmente, ainda regida por Fernando a filarmônica e Coordenada pela ACCAS ( Associação de Cantores , compositores e artistas semelhantes) e com apoio total da prefeitura Municipal de São José do Seridó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: