Gestão municipal trabalha pra formalizar artesãos são-José-seridoenses

Estiveram reunidos nesta quinta-feira (1°), na sede da Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Semthas) a titular da pasta, Suzete Pereira e o coordenador de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), Xaulim Dantas. Na pauta: a formalização dos artesãos municipais.

“Nosso município terá que cumprir três etapas antes dos artesãos locais terem direito a Carteira Nacional do Artesão”, frisou Xaulim Dantas, destacando que as etapas a serem cumpridas serão: o cadastro municipal do artesão, o levantamento de tipologias dos artesanatos e o mapeamento dos profissionais.

De acordo com a titular da Semthas, Suzete Pereira, será criada uma comissão formada por membros de sua Secretaria, da Semec e da sociedade civil. “Na próxima terça-feira (6) os artesãos serão convocados à Semec, portando documentos pessoais, para que a gestão municipal possa coletar dados, verificar as tipologias dos artesanatos, realizar os cadastros e, posteriormente, inseri-los no SICAB [Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro]”, destacou.

Segundo Xaulim Dantas e Suzete Pereira, posteriormente, após o envio de dados no SICAB, a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS), através do Programa do Artesanato do RN (PROART), virá ao município para avaliação do trabalho dos artesãos e emissão das respectivas Carteiras.

FONTE – ASSECOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: