PROFESSORES DA REDE ESTADUAL APROVAM INDICATIVO DE GREVE PELA FALTA DE PROPOSTA POR PARTE DO GOVERNO DO RN NO PAGAMENTO DO REAJUSTE PARA O PISO SALARIAL

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte) do RN aprovou em assembleia, na tarde desta quarta-feira (2), indicativo de greve da rede estadual, pela falta de proposta por parte do governo do Rio Grande do Norte no pagamento do reajuste para o piso salarial, estipulado em 33,24% pelo governo federal. A assessoria da Secretaria Estadual de Educação afirmou que a pasta deverá se pronunciar após receber oficialmente um comunicado do Sinte sobre o indicativo de greve.

Na manhã desta quarta (2), o sindicato deveria ter tido uma audiência com o governo estadual, que teve que adiar por causa da abertura do ano legislativo e consequente discurso da governadora Fátima Bezerra na ALRN. Durante o próprio discurso, a governadora chegou a afirmar que iria cumprir com o piso estabelecido, mas o Sinte afirma que não recebeu nenhuma sinalização oficial por parte do governo. Foi marcada uma assembleia do Sinte para a tarde desta mesma quarta (2).

Durante a assembleia da categoria, foi aprovado o indicativo de greve dos professores. Nesta sexta-feira (4), está marcada nova audiência com o governo estadual, onde o Sinte espera receber uma proposta sobre o piso.

Outra assembleia dos trabalhadores da audiência está marcada para a próxima segunda (7), onde os profissionais irão avaliar o cenário e, caso não tenham entrado em acordo com o governo do Estado, a greve deverá ser deflagrada no dia 14 de fevereiro.

A Secretaria Estadual de Educação deverá se pronunciar após receber oficialmente um comunicado do Sinte declarando o estado de indicativo de greve.

Tribuna do Norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.