Atlético-MG bate o Flamengo nos pênaltis e é campeão da Supercopa do Brasil

O Atlético-MG é o grande campeão da Supercopa do Brasil 2022. Jogando na Arena Pantanal, o Galo venceu o Flamengo nos pênaltis por 8 x 7 após empate por 2 x 2 e ficou com o título da competição nacional.

Campeão da Copa do Brasil e do Brasileirão, o Atlético tentou se impor diante do Flamengo no primeiro tempo, que não permitiu o domínio do adversário e equilibrou o jogo, tornando a partida bastante movimentada na etapa inicial, com chances de cada lado.

Mas foi o Galo que abriu o placar. Aos 41 minutos, Arana chutou forte, Hugo deu rebote e Nacho apareceu livre para cutucar, inaugurando o marcador da Arena Pantanal e levando o Atlético com a vantagem para o intervalo.

Grande segundo tempo

No segundo tempo, o Flamengo voltou disposto a mudar o panorama do duelo. Com uma blitz no começo da etapa final, o Rubro-negro passou a rondar mais o gol do Galo. E aos 10 minutos, chegou ao empate. Em grande jogada de Arrascaeta pela esquerda, Bruno Henrique cabeceou, Everson deu rebote e Gabigol fuzilou, empatando o jogo e colocando fogo na partida.

O Atlético sentiu o gol e o Flamengo cresceu na partida. E virou o confronto. Lazaro deixou Bruno Henrique na boa para virar o placar, aos 18 minutos, incendiando a torcida rubro-negra na Arena Pantanal. Após tomar o segundo gol, o time mineiro tentou acalmar os nervos e passou a buscar o empate, que veio em golaço de Hulk, aos 29 minutos. E o jogo seguiu sem maiores emoções para a disputa por pênaltis.

Penalidades

Hulk e o jovem Lázaro confirmaram suas cobranças. Nacho Fernández e Vitinho deixaram o placar em 2 x 2. Ademir e Diego também marcaram. Guilherme Arana e David Luiz também bateram bem e o placar ficou em 4 x 4. Vargas bateu e Gabigol, como de costume, confirmou sua penalidade, levando a decisão para as decisões alternadas.

Na sexta cobrança, Guga bateu e Hugo defendeu. Arão bateu e Everson também defendeu. Jair marcou na sétima cobrança e João Gomes mostrou personalidade, convertendo sua penalidade, com 6 x 6 no placar. Everson foi para a cobrança e isolou. Mas defendeu cobrança de Matheuzinho e manteve o Atlético vivo.

O zagueiro Nathan Silva bateu e bem e colocou o Galo e fez 7 x 6. Mas Léo Pereira também foi bem e empatou novamente a disputa. Mariano chutou mal e Hugo pegou. Mas Fabrício Bruno desperdiçou nova chance de confirmar o título para o Flamengo.

O jogo seguiu com 7 x 7 no placar. Godín errou e o goleiro Hugo também não converteu. Batendo novamente, Hulk marcou outra vez. Vitinho errou e Everson confirmou o título do Atlético.

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.