FÁBIO FARIA ABRE MÃO DE CANDIDATURA E VAI APOIAR ROGÉRIO MARINHO

FOTO-CEDIDA

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, anunciou nesta terça-feira (22) que não será candidato nas eleições deste ano. Faria cogitava ser candidato ao Senado pelo Rio Grande do Norte, mas enfrentava uma disputa interna com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que também deseja concorrer ao mesmo cargo.

A decisão foi anunciada pelo ministro em um pronunciamento no Palácio do Planalto.

— Sempre com muita transparência e diálogo, que tenho feito desde que assumi o Ministério das Comunicações, hoje venho aqui compartilhar com vocês que eu permanecerei ministro das Comunicações. Não serei pré-candidato ao Senado Federal, apesar de estar em um melhor momento nas pesquisas. 90% de todas as pesquisas do estado me colocam bem posicionado — disse Faria.

O ministro afirmou que tomou a decisão porque quer entregar a quinta geração da telefonia móvel (5G) em todas as capitais, o que está previsto para ocorrer em julho. Caso fosse candidato, Faria teria que deixar o governo até o início de abril, a seis meses da eleição.

— Eu ficava muito preocupado em sair do ministério em março e não conseguir entregar meu maior legado, que é o 5G funcionando. Fizemos o leilão, mas só estará funcionando nas 27 capitais em julho. Queria participar. Eu sei o que vai mudar na vida das pessoas.

O Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.