“PALAVRAS FORAM DISTORCIDAS. NÃO SOU HOMOFÓBICO”, DIZ DEPUTADO QUE RECOMENDOU TRATAMENTO PARA LGBTS

O deputado estadual Michael Diniz (Solidariedade) afirmou nesta quinta-feira (23) que seu pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (22) foi “distorcido” pela imprensa. Em vídeo publicado nas redes sociais, o parlamentar negou que seja “homofóbico”.

“Palavras minhas foram distorcidas pela Globo do Rio Grande do Norte. Isso levou a um problema imenso, muitas confusões. Quero deixar claro que não sou homofóbico. Minha luta aqui [Assembleia] é outra. Agora, eu não vou deixar de defender minha fé”, disse Michael.

O deputado, que foi empossado na semana passada por causa da licença de Kelps Lima (Solidariedade), causou polêmica após fazer um discurso em tom preconceituoso na Assembleia Legislativa. Em determinado momento, ele chegou a recomendar tratamento psiquiátrico para pessoas da comunidade LGBTQIA+.

98FM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.