RN já teve 5 crimes sexuais dentro de unidades de saúde desde janeiro

O caso do caso anestesista que estuprava mulheres durante o parto chocou o Brasil. O pior da situação, é que crimes sexuais em unidades de saúde tem sido recorrentes nos últimos dias. No Rio Grande do Norte, por exemplo, cinco casos deste tipo já foram registrados no estado. Os dados são da Polícia Civil.

Dois desses casos de violência sexual foram de estupro. Um deles, contra uma vítima menor de idade, em um hospital.

A Polícia Civil também registrou três casos de importunação sexual que ocorreram em ambiente hospitalar.

Outro caso de estupro registrado pela corporação não teve o tipo de unidade de saúde especificado.

A polícia não divulga informações sobre as pessoas envolvidas e diz que as investigações dos crimes correm em segredo de Justiça.

Ao todo, o estado teve 312 casos de estupro, entre janeiro e junho, e 213 casos de estupros de vulneráveis no mesmo período.

96 FM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.