De São Fernando e Caicó para o mundo: Serestão do Padre Gleiber com Bené e Teclados tem repercussão até no Canadá

No domingo (31), o show de encerramento do Pavilhão Cultural de Sant’Ana, com o Serestão do Padre Gleiber acompanhado musicalmente por Bené teve grande repercussão em vários estados do Brasil e até mesmo no Canadá.

Muitas mensagens dos internautas parabenizaram a apresentação do Padre Gleiber e também de Bené, que interpretaram grandes clássicos da seresta numa coletânea de sucessos que marcaram época em todos os tempos.

Em entrevista a Paulo Júnior, editor do Jornal da Noite, na Rádio Universo de Web de São Fernando, o músico Bené agradeceu a oportunidade de voltar a tocar no Pavilhão Cultural de Sant’Ana, comemorando 23 anos de apresentações neste ano de 2022, com 40 anos de carreira musical no Seridó.

“Para mim foi uma noite inesquecível e voltar ao Pavilhão de Sant’Ana após dois anos de pandemia. É um prazer enorme encontrar aquele povo que sempre nos acolheu de braços abertos, a gente levando um repertório diferente e tive a alegria de tocar com o Padre Gleiber e meus filhos Guilherme e Heitor. Foi gratificante saber que o nosso trabalho ainda é reconhecido por todo o Brasil, inclusive até em outros países que acompanham as redes sociais, onde recebemos um elogio muito bom de um internauta no Canadá. É uma satisfação continuar na estrada trabalhando e tentando fazer o melhor para esse público maravilhoso”, disse Bené.

Durante a sua apresentação, Bené convidou Toinho Mix para cantar a música “A mais bonita das noites”, sendo um reconhecimento a Toinho que por vários anos fez as mixagens de Bené e também o vocal em algumas músicas interpretadas por Bené no Pavilhão de Sant’Ana e em outros eventos musicais no Seridó.

Músico natural de Natal, filho de São Fernando, Bené já foi a Mais Bela Voz de São Fernando e já atuou como vocalista de várias bandas, entre elas: Fruto Maduro, Raízes Novas (Jardim de Piranhas), Caminho Livre (Jardim de Piranhas), Banda PHOBUS, Strelar e Banda Stylus.

Bené conquistou muitos fãs e admiradores da sua musicalidade no Rio Grande do Norte e outros estados, que sabem reconhecer o seu talento musical, com um repertório que toca todos os ritmos, com uma interpretação diferenciada e marcada pela simplicidade.

POR PAULO JUNIOR- JORNALISTA- EDITOR DO JORNAL CORREIO DO SERIDÓ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.