O jornalista e fotógrafo Aladim Monteiro, idealizador da Bienal da Fotografia do Sertão, visitou o Museu de Fotografia, em Fortaleza CE, sendo recebido pelo empresário Sílvio Frota, criador e diretor do Museu, que tem exposições permanentes e temporárias, debates, oficinas, biblioteca, e um acervo de 2.500 obras, datadas desde 1920.

O Museu da Fotografia Fortaleza -MFF foi fundado em 2017 pelo Instituto Paula e Sílvio Frota, que o mantém e coordena. A entrada é gratuita, aberta ao público.

O caicoense Aladim Monteiro está visitando equipamentos culturais com espaço ideal para receber a nova edição da Bienal da Fotografia do Sertão, neste ano de 2024, que tem a proposta de valorizar o sertão na sua diversidade, também promovendo o diálogo sobre processo criativo, entre os profissionais de artes visuais.

“Encontrei o empresário Sílvio Frota, para mostrar o Projeto Bienal da Fotografia do Sertão, em seu escritório. O Museu da Fotografia é um equipamento destinado exclusivamente a fotografia, e reúne não somente os melhores espólios de fotógrafos, mas também um trabalho social que apoia crianças em vulnerabilidade social. Este museu é raro neste porte, sendo o único da América Latina, com uma das coleções mais interessantes do mundo”, destaca Aladim Monteiro.

Aladim Monteiro também está visitando outros espaços culturais, em várias outras cidades, na busca por parcerias para realização desta nova edição da Bienal do Sertão, que será inscrita em editais de Cultura, visando o destaque do sertão na sua pluralidade.

Fonte @oquefazernoserido

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.